Por Nuno “Stuntman” Tavares

A 6mm Portugal foi ao evento de Airsoft Farc: Guerrilha, organizado pela equipa SOD, no Sobral, perto de Fátima. Falámos com o Edgar Antunes dos SOD, que nos explicou tudo sobre o evento.

Chegados ao local, ficamos agradados pelas condições e tipo de terreno. Existem instalações físicas no local onde os jogadores puderam pernoitar, onde se fez o check in, chrony e briefing. O terreno é composto por uma pista de aviação em terra, várias torres Eólicas, estradas em terra batida, mato que variava do muito denso a clareiras muitas vezes divididas por muros de pedra.

Quem visse o ortofoto pensaria que o terreno era quase plano, mas na realidade a morfologia do mesmo era complicada, tornando-se duro em muitas zonas, e com uma dificuldade média para transpor outras.

Após o briefing, as facções foram separadas e levadas para os seus locais iniciais de jogo. O tipo de jogo idealizado foi o de um grupo armado terrorista que produzia e contrabandeava droga na zona, explorando as populações locais. As missões principais de jogo desse grupo eram as de fazer entregas de droga aos exportadores que (viriam supostamente de avião) a recolhiam na pista. Esse grupo rebelde mantinha ainda um forte militar – base avançada – com alguma artilharia, e a sua base de operações na zona da tenda militar.

Logo de início foi espalhada pelo teatro de operações, concentrando o seu esforço em guardar a sua base, evitar a captura do seu líder, defender a base com artilharia e ainda continuar a contrabandear a droga.

Já as facções FMP e EC tinham como objectivo salvar a população da escravidão e da tortura, e agirem contra as FARC, procurando o seu líder e tentando ao mesmo tempo contrariar todos os planos de contrabando.

As FMP e as EC começaram a ser colocadas no terreno em busca das localizações chave das fábricas de produção de droga. Com o desenrolar das hostilidades, a base de morteiros – apesar de fortemente defendida – foi alvo da primeira investida e tomada pelas forças da EC. Nesse ataque foi capturado o líder da FARC.

Todos os esforços foram feitos pelas FARC para salvar o seu líder, mas as forças que foram enviadas em seu auxílio não conseguiram. Tentaram ainda reconquistar sem sucesso a base que perderam, mas também não conseguiram.

Ao mesmo tempo, as FMC faziam um ataque à sede base, uma tenda militar, e após um longo e suado combate, a mesma foi conquistada e destruída com a colocação de uma bomba que demorou 30 minutos a explodir. As FARC, não obstante estas perdas, continuavam a fazer o seu propósito. Fizeram várias entregas de droga na pista.

As FMP e EC, continuavam em busca das fábricas de droga. As FMP tiveram ordens para ir destruir uma antena de comunicações, objectivo esse concluído 30 minutos após a colocação da bomba. Sofrendo ataques para tentar evitar a perda desses objectivos no período dos 30 minutos, as FMP e EC, faziam uma defesa de perímetro tentando aguentar as duras investidas das FARC.

Devido a uma boa estratégia de recon por parte das FPM e EC, rapidamente as fábricas de droga foram descobertas e, após excelentes combates, as mesmas foram também destruídas. No final, tendo as FMP e EC concluído todos os seus objectivos, o objetivo seria colocarem quatro bombas na pista, impedindo o uso da mesma.

No final do evento as facções FMP e EC conseguiram todos os seus objectivos, excepto destruir a pista. A FARC foi praticamente aniquilada, tendo apenas conseguido entregar alguns carregamentos de droga e manter a pista.

Um dos pontos menos positivos foi a saída prematura de vários jogadores e equipas do evento, quer devido a compromissos profissionais, quer devido à dureza do terreno e às missões que cobraram o esforço físico que tiveram no decorrer do evento.

Pontos positivos? Muitos. Excelente organização, excelente terreno, excelentes condições para o evento, boa história e conceito de jogo, excelentes condições atmosféricas, excelente entrega de todos os jogadores, não havendo discussões ou situações menos correctas. De referir ainda que o objetivo solidário do evento também foi cumprido.

A voltar, muito em breve, quando os SOD voltarem a organizar outro evento.

Anúncios