Por ANA-APD

Comunicado a 30 de junho de 2017:

Olá jogador,

Relativamente à norma técnica publicada em Diário da República (Diretiva n.º 6/2017), a Associação Nacional de Airsoft vem por este meio informar os seus associados e comunidade em geral que já foi solicitado ao Departamento Jurídico desta Associação um parecer sobre a mesma.

Em função desse parecer serão tomadas diligência em sede própria.

Em relação a este ponto em concreto e face às inúmeras solicitações que temos recebido:

“3 — Não é admitida a realização de provas ou atividades com RAFPR fora do âmbito e supervisão das APD legalmente reconhecidas e registadas.”

A ANA-APD informa que o seu departamento Desportivo continua sempre disponível para ajudar e colaborar como tem feito até hoje. Mais informando que estamos a desenvolver uma solução que consiga responder o mais depressa possível a este nova necessidade.

Sabemos que é altura de união e trabalho, e tal como no Airsoft Summit, apelamos a todos os praticantes, clubes e associações que se unam neste momento.

Iremos trabalhar e manter-vos informados, sendo que de momento é igualmente nossa prioridade alertar todos os nossos associados e praticantes em geral destas alterações, pelo que solicitamos a ajuda de todos neste processo de comunicação.

Direção ANA-APD

UPDATE, a 1 de julho de 2017:

Olá jogador,

Nestas últimas 24 horas temos recebido várias questões e pedidos de esclarecimento sobre a norma técnica publicada em Diário da República (Diretiva n.º 6/2017).

Neste momento, esta Associação ainda aguarda os pareceres jurídicos requeridos, para poder tomar decisões de forma sustentada e informada.

Também nós fomos apanhados de surpresa com esta norma técnica, estranhamos a ausência de consulta por parte das autoridades das atuais Associações Promotoras de Desporto de Airsoft, há muito ainda por definir e esclarecer.

Até lá apelamos à calma de todos.

No entanto, e dada a emergente necessidade, o Departamento de Informática da ANA-APD já se encontra a desenvolver uma solução que funcione como resposta às atuais exigências das autoridades, de forma simples e eficaz, e um ponto queremos deixar claro, enquanto estes Orgãos Sociais se mantiverem, a ANA-APD estará aqui para promover o Airsoft, como Desporto mas também na sua vertente mais Lúdica, nesse sentido, independentemente do tipo de serviço que venha a ser disponibilizado à comunidade de Airsoft, o mesmo será gratuito.

Esperamos ter novidades em breve e atualizaremos os nossos clubes, associados e restante comunidade.

Em virtude dos pareceres jurídicos, esta Associação entrará igualmente em contacto com restantes APDs em Portugal de forma a, se necessário, atuarmos a uma só voz.

Contamos com todos.

Anúncios