Por Pedro Reis. Fotografias de Catarina Sim-Sim

Por volta das 08h15 começou a o pessoal. Enquanto se equipavam e entregavam os bens para ajudar os Bombeiros, todos iam convivendo, falando do assunto mais sério há maior parvoíce, pois é mesmo assim que deve ser o Airsoft: um encontro relaxante entre “amigos” e conhecidos.

Compareceram 43 elementos de várias equipas, bem como independentes, e até pessoal para qual foi a sua primeira vez. Pelas 09h30, briefing para a explicação do jogo e o relembrar das regras para todos, quer para quem já é praticante há vários meses ou anos, quer para o pessoal que se estreou neste desporto.

10h00: começam as hostilidades!

Cada equipa tinha como objectivo encontrar e transportar quatro objectos , dois extintores, um rolo de mangueira e uma escada e, no final, tinha de transportar um ferido que estava numa maca até ao local para receber tratamento médico.

O jogo decorreu normalmente, com algumas situações que rapidamente foram resolvidas no local, tendo  terminado sem nenhum contra-tempo ou situação menos boa, pelo menos , até ao momento, nada foi informado à organização. As hostilidades terminaram pelas 12h00, tendo continuado o bom ambiente entre todos, com as habituais saudáveis discussões e análises do decorrer do jogo.

Para terminar o evento, pelas 13h00, os elementos do BOA, deslocaram-se às instalações dos Bombeiros Voluntários de Bucelas para fazer a entrega de todos os bens doados neste evento.

Entre os bens, estavam mais de 100 litros de água, bolachas, barras energéticas, pensos, compressas, algodão, soro fisiológico, pomadas, entre outros.

O Clube Airsoft BOA e os BV Bucelas, agradecem a todos a vossa presença e contribuição. Até á próxima.

Anúncios