Por Telmo Fonseca

A reputada casa italiana Evolution Airsoft não deixa margem para dúvidas sobre a qualidade dos seus produtos, e a sua série “Hardcore” é a prova disso. Com a melhor relação preço-qualidade que já nos passou pelas mãos, esta réplica com pedigree de Hong-Kong é uma das apostas mais sérias da atualidade.

Quando a Evolution foi bater à porta da Lonestar Tactical Supply, e pedir autorização para replicar a “Border Patrol”, os texanos disseram-lhe que não autorizavam que o seu logotipo fosse utilizado em nada que não fosse de primeira classe. A Lonestar é uma companhia que fornece material de tiro real para o mercado civil em todo o Mundo, fundada por dois atiradores de competição de topo, logo, de armas percebem eles com fartura. As espectativas não foram goradas, estando inclusivamente a ser avaliada a possibilidade de estas AEG virem a ser utilizadas em treino por forças policiais e militares.

img_2714

Estamos a falar de uma aposta séria. As AEG da série Hardcore são o topo de gama da marca Evolution, fabricadas para colecionadores e jogadores “sérios”, de tal forma que a própria marca faz questão de o dizer sem qualquer preconceito. Utilizando a mesma base, mas com alguns elementos externos diferentes de modelo para modelo, cada arma passa por um rigoroso controlo de qualidade, sendo inclusivamente fornecida a ficha que atesta o mesmo. E chega a ser ridículo aquilo que é oferecido por duas centenas de euros, um valor bem abaixo de qualquer outra marca, desde que dentro da mesma gama.

Historicamente, a qualidade dos produtos fabricados no Oriente começa a partir da China, subindo por Hong Kong e Taiwan, e atinge o seu expoente máximo no Japão, sendo que os preços acompanham este percurso também a subir. Apesar de estarem ambas sobre administração chinesa, a península pretende agora ultrapassar a ilha, e está a apostar seriamente em mão de obra qualificada, mas ainda assim consegue colocar no mercado europeu alguns produtos a preço bem mais acessível que a sua congénere. E isto justifica a diferença no valor pedido pela arma em análise em relação à concorrência.

Ao retirar a arma de dentro da singela embalagem, e deixando para trás o high-cap básico, tapa-chamas suplente, vareta de desobstrução, ficha de controlo e o muito completo manual de instruções, imediatamente somos surpreendidos por dois aspetos: o excelente toque e a cor diferente do habitual, já que o corpo em alumínio anodizado replica com exatidão o tom das armas da Lonestar, algo também exigido pelos americanos. Os trademarks são obviamente licenciados, e juntamente com o número de série individual são “queimados” a laser no corpo. O fuste em tecnopolímero reforçado permite instalar baterias de dimensões consideráveis, como aliás já é habitual neste modelo, mas com duas diferenças essenciais das concorrentes: além do sistema de encaixe ser ligeiramente diferente, algo que confere uma robustez adicional, vem ainda equipado com uma réplica muito bem conseguida de heat shield, que encaixa na perfeição no gas tube falso, garantindo que as duas peças que compõem o guarda-mãos abracem firmemente o cano externo de uma única peça fabricado por CNC.

O resultado deste conjunto é a total ausência de folgas, apesar de ainda assim ser compatível com os sistemas básicos RIS de duas peças. Para terminar com os externos, resta referir a coronha ajustável em 6 posições, bolt catch funcional, e pinos moldados especificamente para esta arma, como não podia deixar de ser.

Internos:

Já em pesquisa quase desesperada por encontrar algo nesta réplica de que pudesse dizer mal, ataco então os internos, onde encontro, uma vez mais, muito equipamento por pouco dinheiro. De notar que a separação dos receivers não foi uma tarefa fácil. A ausência de folgas implica que tudo nesta arma é ridiculamente justo.

img_2757

A gearbox é reforçada, com gears em aço e delayer, para garantir uma alimentação de BB sem falhas mesmo sobre um ROF elevado, tudo assente em bearings de 7mm. Tanto o tappet plate, como o pistão e a sua cabeça são fabricados em polímero reforçado, sendo que a última peça apenas peca por não ter um rolamento que permita à mola não-linear de 1 joule rodar livremente sobre o seu eixo. A mola e a guia de mola em plástico foram os únicos defeitos que encontrei na arma inteira. Segundo a marca, o motor é um high torque, apesar de não conter qualquer tipo de markings, e toda a parte elétrica de alta qualidade está preparada para resistir ao calor providenciado pela bateria mais agressiva que lhe possamos “encostar”.

Nota de destaque para a câmara de hop-up, fabricada em metal, e com dois providenciais o-rings que permitem eliminar a quase totalidade de fugas de ar. A afinação do hop-up é soberba, permitindo um ajuste cirúrgico do voo das BB.

Perfomance:

Dito isto, resta referir que o desemprenho desta réplica acompanha toda a qualidade que analisámos até aqui. Embora não tendo qualquer informação sobre o diâmetro do cano, e ainda que a mesma esteja adaptada à habitual restrição de 1 joule de determinados mercados de venda, o tiro é surpreendente. Com uma média de 321 FPS e uma justíssima variação de apenas 3 FPS nos 10 disparos deste teste, após o devido ajuste de hop-up, as BB voam pela pista fora a uma distância de mais de 50 metros, fazendo agrupamentos que fariam roer de inveja outras armas com centenas de euros em upgrades.

img_2744

Fazer análises a equipamento por vezes é uma tarefa ingrata, na medida em que este autor estará sempre sobre o crivo atento do leitor, que normalmente procura mais pelos defeitos do que pelas qualidades. A menor incidência ou mesmo a total ausência de fatores negativos é decisiva na opinião final sobre o equipamento, mais do que as qualidades de uma arma que, entre tantas opções à disposição no nosso cada vez mais colorido mercado de Airsoft, peca por ainda ser pouco conhecida. Quando OCaleiro me enviou esta Lone Star, confesso que estava um pouco apreensivo por ser uma arma demasiado barata para as qualidades que anunciava.

Hoje, e após esta experiência, posso afirmar sem qualquer pudor que pelas duas centenas de euros a que é comercializada, no equilíbrio custo-benefício que providencia, esta é a melhor réplica de origem em que já tive o prazer de mexer, e recomendo vivamente a sua aquisição.

Anúncios